Varíola dos macacos: Sespa confirma que Pará tem 3 casos suspeitos da doença

Os casos suspeitos foram notificados em Santarém, Ananindeua e Parauapebas. Pacientes estão isolados

A Secretaria de Saúde Pública (Sespa) informou, na tarde desta segunda-feira (1º), às 16h47, que há três casos suspeitos de varíola dos macacos (monkeypox ) em investigação nos municípios de Santarém (1), Ananindeua (1) e Parauapebas (1). Em nota, a Secretaria afirmou que os pacientes estão isolados.

 “A Sespa reforça que já fez a orientação para que seja realizada a análise clínica, notificação do caso e encaminhamento das amostras dos pacientes para laboratório. Não há casos confirmados de Monkeypox no Pará”, detalhou a Secretaria.

A secretaria estadual de saúde também descartou em sua nota a possibilidade de outros casos suspeitos na Grande Belém. “Quanto a um possível caso de Outeiro, a Sespa informa que não foi notificada até o momento”, pontuou a secretaria.

Casos suspeito notificado em Belém

A informação de que Belém teve o primeiro caso suspeito de varíola dos macacos notificado foi confirmada também nesta segunda-feira, por volta das 15h54. A paciente passou um tempo em Zurique, na Suíça, local onde há incidência de casos da doença.

Capacitação dos profissionais de vigilância

No último domingo (31), também em nota divulgada por volta das 18h, a Sespa já tinha informado que atua diretamente com os municípios na “capacitação de profissionais de vigilância em saúde, com reuniões semanais, para que a doença seja diagnosticada com mais facilidade“.

A Sespa disse ainda que desde maio deste ano já adota medidas de prevenção e contenção da doença, por meio de comunicados de alerta de risco, notas técnicas de orientação para monitoramento e notificação.

“Apesar de portos e aeroportos de fronteiras serem de responsabilidade federal, a Sespa também realiza ações para esses locais. A secretaria esclarece que, caso apresente sintomas, a pessoa deve procurar a unidade municipal de saúde mais próxima para atendimento. Não há casos registrados de monkeypox no Pará“, disse a secretaria estadual de saúde do Pará.

Por O Liberal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui