SESSÃO AZUL: Pará sanciona lei que obriga cinemas a reservar sessões especiais para pessoas com autismo

Crédito: Reprodução/NSCTotal

A medida foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira, 28, e entra em vigor a partir de 90 dias da publicação.

O governo do Pará sancionou a lei que institui a chamada “Sessão Azul” de cinema, que é a reserva de sessões especiais em cinemas paraenses a pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). A medida foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira. 28. De acordo com informações, a lei obriga os cinemas a reservarem, no mínimo, uma sessão por mês a pessoas com autismo. 

Alguns critérios são exigidos para exibição das sessões: as luzes deverão estar levemente acesas, o volume de som deverá ser reduzido e também precisa ser afixado na entrada da sala o símbolo mundial do Espectro Autista.

Sessões

Nas sessões, as pessoas com TEA e seus familiares deverão ter acesso irrestrito à sala de exibição, podendo entrar e sair ao longo da sessão sempre que desejarem.

O cinema poderá disponibilizar para o público em geral os ingressos que não forem comprados até cinco dias da data da sessão, desde que seja respeitada a quantidade equivalente à metade dos assentos da sala.

O governo informou, ainda, que as sessões especiais poderão ser canceladas se não houver procura por ingressos com até dois dias de antecedência da data prevista para a sessão. A lei entra em vigor a partir de 90 dias da publicação.

Fonte: Roma News.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui