Organização criminosa planeja ataques e compartilha endereços de policiais em grupos de mensagens; veja!

-

A tensão entre as forças de segurança pública e organizações criminosas que atuam dentro dos presídios do Pará tem se intensificado, mesmo com endurecimento das regras dentro das penitenciárias, os membros de facções tem planejado ataques contra agentes de segurança, principalmente que atuam na  Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

Os ataques iniciaram após membros do Comando Vermelho Rogério Lemgruber (CVRL) anunciarem o  chamado “Salve Geral”, que ordena a retomada de ataques e atentados contra a vida dos membros da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), que resultaram em uma serie de casos de violência que vem deixando os agentes sobressaltados.

A reportagem teve acesso, pela segunda vez neste mês de julho, prints de supostos grupos com integrantes de organizações criminosas organizando ataques contra agentes de segurança pública que atuam dentro e fora dos presídios do Pará. Um deles chega a citar o endereço de um policial, que moraria no bairro da Pedreira, em Belém.

Confira as imagens:

Crédito: Reprodução/Redes Sociais
Crédito: Reprodução/Redes Sociais
Crédito: Reprodução/Redes Sociais
Crédito: Reprodução/Redes Sociais
Crédito: Reprodução/Redes Sociais

Fonte: Roma News

Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Pastor é preso por abusar de criança de 7 anos no...

0
Nessa terça-feira, 19, a Polícia Civil prendeu Pedro Fernandes dos Santos Neto, conhecido como pastor Pedro, depois de ser flagrado ao abusar sexualmente de...