Polícia prende nove por envolvimento em chacina que deixou cinco mortos em Parauapebas

-

Vítimas foram encontradas mortas em setembro com as gargantas cortadas. Segundo investigações, eles também têm envolvimento na morte de outras duas pessoas em maio e com tráfico de drogas.

Nove pessoas apontadas pela Polícia Civil como envolvidas em sete execuções foram presas na manhã desta terça (5) em Parauapebas, sudeste do Pará.

As prisões foram realizadas na “Operação Insidiis”, cumprindo mandados de prisão. Os crimes ocorreram em meses maio e setembro deste ano, incluindo uma chacina que deixou 5 mortos.

De sete vítimas, cinco foram executadas com indícios de crueldade no dia 15 de setembro deste ano, sendo quatro homens e uma mulher. Os corpos foram encontrados em área de mata no bairro Vila Nova, em Parauapebas. Todos tiveram as gargantas cortadas.

Câmeras de segurança registraram o momento em que cinco vítimas entraram em uma caminhonete S10 prata, na madrugada de segunda (13), por volta das 4h, no bairro Liberdade. Esta foi a última vez que foram vistos com vida.

Entre as vítimas, estavam dois supostos membros da organização criminosa Comando Vermelho; um deles tinha parentesco com integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC), segundo a polícia.

Jovens foram encontrados mortos em área de mata no município de Parauapebas — Foto: Reprodução/ TV Liberal

Apuração policial

Segundo as investigações, indicam que os executores são membros de grupo criminoso e que a motivação dos assassinatos seria disputa de território do tráfico de drogas com organização rival. Dois adolescentes foram apreendidos.

A Polícia Civil informou que durante as buscas foram encontradas drogas e armas, comprovando a disputa por territórios demonstrada nas investigações. Foram apreendidos também aparelhos celulares e outros objetos relacionados aos crimes.

A PC instaurou dois inquéritos, conduzidos pela Divisão de Homicídios (DH) da 21ª Seccional de Parauapebas e Belém.

Já em relação às duas primeiras mortes, registradas em maio, a PC já havia cumprido, em junho, três mandados de prisão temporária, que depois foram convertidas em preventivas.

Dois homens foram presos e um dos suspeitos tentou fugir para fora do país com auxílio da organização criminosa, mas foi preso no Tocantins.

Operação policial prende 9 pessoas em Parauapebas, no Pará. — Foto: Reprodução / Agência Pará

Texto: G1 Pará

Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Prefeitura de Abaetetuba anuncia cancelamento das festas de réveillon e carnaval...

0
Medida foi anunciada na tarde desta quarta, 01. Em sua 11ª reunião ordinária, realizada nesta quarta-feira, 01, o Comitê de Supervisão e Acompanhamento dos Impactos...