Polícia Federal prende suspeito de fraudes contra o auxílio emergencial no Pará

-

Outros dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos. Tudo dentro da Região Metropolitana de Belém.

A Polícia Federal do Pará deflagrou, na manhã desta terça-feira (28), a operação “Thesaurus”, com objetivo de apurar a apropriação indevida de recursos destinados ao pagamento de auxílio emergencial. Uma pessoa foi presa e mais dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos, todos na Grande Belém.

As investigações demonstraram que, no período de abril a julho do ano passado, uma agência lotérica solicitou à Caixa Econômica Federal suprimentos extraordinários, chegando a R$ 19,1 milhões para pagamento de auxílio emergencial, contudo não prestou contas do valor recebido.

Ao todo, 10 policiais federais participam da operação, com os mandados expedidos pela 4ª Vara Criminal Federal da Seção Judiciária no Estado do Pará. A Justiça Federal também determinou o bloqueio de bens e valores até o limite dos valores solicitados pela agência lotérica (R$ 19,1 milhões).

O nome da operação quer dizer “tesouro”, em latim. É uma alusão à expressiva quantia apropriada, suficiente para pagamento de mais de 30 mil cotas de auxílio emergencial. “Caso o resultado dos cumprimentos dos mandados corrobore a hipótese criminal, os envolvidos serão indiciados pelos delitos de peculato e lavagem de capitais”, informa a PF, em nota.

Texto: O Liberal

Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Pescador que salvou 50 pessoas no naufrágio em Cotijuba, recebe Medalha...

0
Zezinho sobrevive da pesca e do açaí e jogou todo o seu material de trabalho na água para comportar mais pessoas dentro do barco. O...