Morrem nos Estados Unidos os gêmeos siameses mais velhos do mundo

Morreram os irmãos Ronnie e Donnie Galyon, 62 anos, considerados os gêmeos siameses mais velhos do mundo, desde 2014.

Eles moravam na cidade de Dayton, no estado de Ohio, nos Estados Unidos. Em 2014, eles superaram gêmeos italianos já falecidos à época. Nascidos em 28 de outubro de 1951, Ronnie e Donnie morreram em uma clínica para doentes terminais.

Até 2014 apresentavam boa saúde e moravam com o irmão Jim Galyon na cidade de Beavercreek, também em Ohio. Os siameses viveram desde o nascimento unidos pela parte inferior do tronco até a virilha.

Eles dividiam órgãos digestivos, tinham coração, estômago, braços e pernas próprios. Mas a locomoção era muito complicada.

Ronnie e Donnie viveram uma vida intensa, mesmo com as limitações. Anda crianças eles foram atração em festas de carnaval e circos e chegaram a sustentar a família com o trabalho e se aposentaram do entretenimento apenas em 1991, quando completaram 40 anos.

Até 2010, eles moravam sozinhos, mas quando começaram a ter problemas de saúde e precisaram se mudar foram acolhidos pelo irmão Jim.

Fonte UOL


Deixe uma resposta