Homem finge ser da Rotam e é preso com arma falsa após pedir ‘apoio’ de viatura em Belém

-

Acusado deixava à mostra tatuagem do batalhão como forma de confirmar que fazia parte da corporação.

Tatuado com um símbolo do Batalhão de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas da Polícia Militar (Rotam) em dos braços e em posse de um simulacro de arma de fogo, um homem que se identificava como integrante da corporação foi detido no bairro de Nazaré, na capital paraense. O suposto militar, que não teve a identidade informada pelas autoridades policiais, chamou a atenção de uma guarnição após pedir “apoio” de uma viatura. As informações foram divulgadas pela Polícia Militar nesta quinta-feira (15). 

Segundo a PM, o falso policial, que deixava à mostra a tatuagem da Rotam no braço esquerdo, solicitou o apoio de uma viatura do 2° Batalhão da Polícia Militar (2° BPM) para ajudar a esposa. Os policiais militares pediram a identificação do suspeito, que alegou ter extraviado os documentos.

Os agentes, então, realizaram buscas pessoais e encontraram um simulacro de pistola calibre .40mm, idêntico ao armamento de uso exclusivo das forças armadas. Indagado, o falso policial confessou não fazer parte da corporação e disse se apresentar como agente das forças policiais para conseguir “bicos” na área de segurança.

O suspeito e o simulacro foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de São Brás e o homem foi autuado pelo crime de Falsa Identidade.

Fonte: O Liberal

Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Advogado mata a mãe e fere a irmã em Belém

0
Segundo a polícia, ele pode ter tido um surto psicótico. A manhã desta terça-feira (18), foi de movimentação policial nos corredores do edifício Villa Dei...