Barcarena: após seis anos, navio que naufragou com bois vivos começa a ser retirado; assista!

-

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) divulgou nesta quinta-feira, 8, que realizou a soltura do navio Haidar, que naufragou enquanto transportava mais de 5 mil bois vivos no porto de Vila do Conde, no município de Barcarena, no nordeste do Pará. De acordo com o departamento, a ação é fundamental para a retirada da embarcação do fundo do Rio Pará.

Com a estrutura descolada no fundo do rio, o DNIT prepara a execução das próximas etapas de reflutuação do navio. Com a retirada da embarcação, a trafegabilidade na área será retomada. O navio está no fundo do rio desde o dia 6 de outubro de 2015, no porto de Vila do Conde, em Baracarena. A embarcação transportava cinco mil bois vivos e 700 toneladas de óleo para a Venezuela. O acidente causou impactos ambientais e sociais na comunidade de Barcarena.

Os trabalhos para a retirada do navio do fundo do rio, anunciado em junho do ano passado começaram apenas em fevereiro deste ano. A ação conta com apoio da Marinha, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semas), da Companhia Docas do Pará e da Capitania dos Portos.

Fonte: Roma News

Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Chefe do tráfico no Pará e 3 membros de facção morrem...

0
Segundo a polícia, até o momento, foram confirmadas 22 mortes no confronto, dessas, onze teriam envolvimento com o crime organizado. Esta terça-feira (24) começou de...