VÍDEO: Babá é presa em flagrante por agredir criança de 2 anos com cabide de roupas

-

A agressão foi registrada pelas câmeras de segurança da casa onde mora a família para a qual a funcionária trabalhava.

A babá Ana Gláucia de Oliveira dos Santos foi presa em flagrante, na tarde desta quarta-feira (30), após agredir um bebê de apenas dois anos com um cabide de roupas. A acusada era responsável por cuidar da criança e também do irmão da vítima. O caso aconteceu na noite da última terça-feira (29), em um condomínio do bairro Parque 10, Zona Centro-Sul de Manaus, e foi mostrado pelo portal A Crítica.

A agressão foi denunciada pelo advogado Leonardo Barreto, de 33 anos, pai da criança agredida, que registrou um Boletim de Ocorrência (BO). A babá foi presa por uma equipe da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente.

O pai da vítima relatou à polícia que retornou para casa por volta das 17h e ouviu o som de choro do filho antes mesmo de entrar em casa. “Notei que era um choro diferente, de dor. Perguntei da empregada o que havia acontecido e ela falou que arremessou de forma involuntária o cabide no menino. Disse que estava brincando com ele”, afirmou.

Leonardo disse que num primeiro momento não imaginou que a situação pudesse ser outra e não desconfiou de agressão. Ele e a esposa levaram o bebê ao médico, que receitou um colírio. Mas, já de volta à casa, por volta das 22h, resolveram verificar as câmeras de segurança e tiveram uma surpresa. “Vimos que, de forma proposital, sem nenhum motivo aparente, ela fez isso de maneira intencional”, disse.

O advogado relatou, ainda, que a babá não esboçou qualquer reação quando foi confrontada com as gravações. O casal decidiu pela demissão da acusada e então procurou a delegacia para registrar o BO. “Deixo uma mensagem às famílias, para se protegerem e investirirem em segurança eletrônica. Tenham critério na contratação de pessoas para tais funções ”, alertou o pais.

Segundo o advogado, Ana trabalhava para o casal desde agosto do ano passado e o casal não tinha nenhuma reclamação quanto à conduta dela como funcionária. A criança sofreu hemorragia no olho, mas os exames feitos não apontaram risco de perda da visão.

Fonte: O Liberal

Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Coronavírus: Governo anuncia quarentena de cinco dias para viajantes não vacinados...

0
Após o período de quarentena definido, os viajantes deverão realizar um teste do tipo RT-PCR com resultado negativo. O governo federal anunciou nesta terça-feira (7)...