UEPA divulga listão do Prosel 2020; veja os aprovados

Instituição divulgou os nomes dos novos calouros

A Universidade do Estado do Pará (UEPA) divulga na manhã desta quinta-feira (30) o listão de aprovados do Processo Seletivo (Prosel) 2020.

O listão saiu pontualmente depois das 10 horas. CONFIRA OS APROVADOS AQUIACOMPANHE PELA RÁDIO LIBERALPor volta das 9h30, conforme o previsto, o reitor Rubens Cardoso deu coletiva com o balanço do exame, após turbulências que envolveram o MEC com relação às inscrições do Sisu e notas do Enem.

 Universidade do Estado do Pará (UEPA) divulga na manhã desta quinta-feira (30) o listão de aprovados do Processo Seletivo (Prosel) 2020.

O listão saiu pontualmente depois das 10 horas. CONFIRA OS APROVADOS AQUIACOMPANHE PELA RÁDIO LIBERALPor volta das 9h30, conforme o previsto, o reitor Rubens Cardoso deu coletiva com o balanço do exame, após turbulências que envolveram o MEC com relação às inscrições do Sisu e notas do Enem.

Os três primeiros colocados da Univesidade do Estado do Pará são calouros do curso de Medicina.
 O primeiro colocado é Manoel Neri Batista Neto, de Marabá. A segunda colocada geral do seletivo 2020 é Allana Karine Gatinho Garcia. O terceiro lugar geral ficou com Erick Clayton Gonçalves Feio. Os dois são de Belém.
 Pela primeira vez a UEPA teve inscrições nos 144 municípios. Bannach foi o município com menor participação: teve só dois inscritos.
Ao todo, 66% dos inscritos são oriundos de escolas públicas: são 17 mil alunos.Ananindeua teve a segunda maior inscrição do seletivo 2020, com 9.500 alunos. Enem teve dados checados
Segundo o reitor da UEPA,  Rubens Cardoso, o Enem teve dados rechecados com o Inep. Foram duas rechecagens de dados com o instituto, responsável pelas notas do Enem. Todos foram ratificados. Desses, três casos tiveram apenas correções de centésimos.Para o reitor, isso não afetou a credibilidade do Enem, e nem do certame da UEPA.Vagas para paraenses
Cardoso diz que 99,5% dos alunos são do Pará. porém, reconheceu: não alcançar nem 20 mil vagas ofertadas é muito desproporcional para o tamanho da população do Estado. “Estado, na Amazônia, precisa de agenda positiva com ciência, pesquisa e capital humano para vencer coisas como desmatamento, desigualdade e piores IDH”, pontuou. Um campus novo, em Bragança, não ofertou vagas. A Uepa dá 21% das vagas públicas do Estado e reitor cobra mais vagas.

Fonte: O Liberal

Oferecimento:
IEPAM- Moju
Universidade Cruzeiro Do Sul
Faculdade Fam- Abaetetuba
Farmácia Do Trabalhador De Moju
Açaí Dicasa Delivery
Magazine Luiza
Açaí e Cia Gold
Nenem Moto Peças
GBS NET
Supermercado Leal
Mundo da construção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui