Segundo marinheiro envolvido no caso da adolescente atingida com tiro na boca em Vigia se entrega à polícia

Crédito: Reprodução/Redes Sociais/WhatsApp.

Ele se apresentou na Delegacia de Vigia de Nazaré, prestou depoimento e foi liberado em seguida.

O segundo marinheiro que se envolveu no caso onde uma adolescente foi baleada na boa na noite da última quinta-feira, 21, foi identificado como Diógenes Pinheiro, sargento da Marinha. Ele se apresentou na Delegacia de Vigia de Nazaré, prestou depoimento e foi liberado em seguida. 

O primeiro a ser autuado foi Gabriel Norberto de Almeida Lobo, suspeito de efetuar o disparo contra a jovem de 14 anos, em um motel do município. Ele foi preso na mesma noite de quinta e autuado por lesão corporal, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e corrupção de menores. O suspeito foi transferido de Vigia para a cidade de Santa Izabel do Pará.

Relembre

Uma adolescente de 14 anos, que não teve a identidade divulgada, foi atingida por um disparo de arma de fogo na na boca enquanto “brincava de roleta russa”, no município de Vigia, na região nordeste do estado. De acordo com as primeiras informações, a jovem estaria acompanhada com uma amiga e dois marinheiros em um motel, quando tudo aconteceu.

A adolescente foi socorrida e encaminhada para um hospital da localidade, posteriormente, ela foi transferida para Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) no município de Ananindeua, na região Metropolitana de Belém.

Por Roma News.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui