PL que garantia acesso gratuito à internet em escolas públicas é vetado por Bolsonaro

-

A Câmara aprovou a matéria em dezembro de 2020 e o Senado enviou à sanção presidencial em fevereiro.

Foi vetado integralmente pelo presidente Jair Bolsonaro, nesta sexta-feira (19), o Projeto de Lei que garantia acesso gratuito à internet por alunos e professores da rede pública de ensino. 

A Câmara aprovou a matéria em dezembro e o Senado enviou à sanção presidencial em fevereiro. 

A ideia do projeto era que as operadoras de telefonia móvel passassem a fornecer aos alunos de instituições oficiais de educação básica acessso gratuito à internet com utilização dos dados para a realização e o acompanhamento de atividades escolares remotas. 

O repasse previsto pela União aos estados era de R$ 3,5 bilhões. Os gestores locais teriam autonomia para adotar as medidas necessárias e os valores incluiam a compra de planos de internet móvel e de tablets para professores e alunos.

Para vetar o PL, Bolsonaro alegou que “a medida dificulta o cumprimento da meta fiscal”.

Ainda segundo o Governo Federal, esforços estão sendo empregados para suprir a demanda de internet nas escolas públicas com a ampliação de programas específicos.

O texto ainda vai para o Congresso Nacional, a quem cabe a palavra final.

Fonte: O Liberal

Parceiros
Fernanda Araújohttp://mojunews.com/
Jornalista. Pós-graduanda em Assessoria de Comunicação e em Marketing e Redes Sociais. Graduanda em Psicologia.
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Prazo para pagamento de R$ 100 do ‘Vale Gás’ encerra hoje

0
Encerra nesta sexta, 15, o pagamento do valor de R$100 do programa de transferência de renda "Vale Gás" do governo do Pará. Agências do Banco do Estado...