Ministério Público do Pará ‘mira’ motoristas de aplicativo com adesivos de ‘Xerecard’ nos veículos

-

Recomendação visa reprimir as ações que vão de encontro à luta diária das mulheres na busca por igualdade e respeito.

A Promotoria de Justiça de Marabá expediu Recomendação às empresas de transporte da por aplicativo da cidade, no sudeste paraense, solicitando que as mesmas notifiquem todos dos motoristas cadastrados a retirarem o adesivo colado nos veículos com a frase sexista “Aceitamos Xerecard”. A frase, que é refrão da letra de um funk, sugere a prática de sexo com mulheres como moeda de troca pelo serviço de transporte de passageiros. 

De acordo com informações do Ministério Público do Estado do Pará, a Recomendação é assinada pelas promotoras de justiça da 3ª PJ Criminal de Marabá, Paula Gama e Alexssandra Mardegan, que apontam a atitude dos motoristas como misóginas e que vão de encontro à luta diária das mulheres na busca por igualdade e respeito. 

A Recomendação da Promotoria de Marabá foi encaminhada para as seguintes empresas de aplicativo:  Urbano Norte, Cooptalosamo, Bora 94, Garupa, Mobcar, Flipmob, Mabway, Uber e 99. 

As empresas de aplicativo deverão, ainda, instruir os motoristas cadastrados a não propagarem nos veículos textos ou símbolos que ofendam a honra das mulheres ou façam qualquer apologia de violência contra a mulher. 

O Ministério Público também notificou o Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano de Marabá (DMTU) para que oriente os motoristas sobre noções de direito referentes ao combate de atos ilícitos e violência de qualquer natureza, sobretudo contra crianças, mulheres, idosos e pessoas com deficiência. 

As informações são do Ministério Público do Estado do Pará. 

Fonte: DOL

Parceiros
Fernanda Araújohttp://mojunews.com/
Jornalista. Pós-graduanda em Assessoria de Comunicação e em Marketing e Redes Sociais. Graduanda em Psicologia.
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Pastor é preso por abusar de criança de 7 anos no...

0
Nessa terça-feira, 19, a Polícia Civil prendeu Pedro Fernandes dos Santos Neto, conhecido como pastor Pedro, depois de ser flagrado ao abusar sexualmente de...