Menino de 6 anos apanhava com cabo USB e era mantido em jaula pelo pai

Criança tinha marcas de agressão quando foi resgatada pela polícia.

Um menino de 6 anos era agredido e mantido pelo pai em uma jaula. Os policiais militares prenderam o agressor de 31 anos, no Distrito Federal em flagrante após denúncia anônima. O caso aconteceu no domingo, 14.

A criança foi encontrada com marcas de espancamento e seminua, segundo os policiais que o resgataram. De acordo com testemunhas, o menino apanhou com um cabo USB.

Cabo usado pelo pai para bater no filho (PMDF/Divulgação)

O pai foi preso em flagrante e responderá por lesão corporal e violência doméstica.

Testemunhas detalharam o espancamento que levou à denúncia anônima. Depois de o marido brigar com a esposa, espancou o filho com o cabo USB e arrastou o menino pelo chão e foi deixado na caçamba de um veículo, que é equipado com uma jaula.

A Polícia Civil informou que o suspeito foi levado à carceragem da corporação, “onde se encontra à disposição da Justiça”. A criança passou por exame no Instituto Médico Legal (IML), que constatou lesões.

Para ser liberado, o pai terá que pagar fiança de R$ 5 mil, mas o valor não foi pago e ele segue preso. “Não foi acionado o Conselho Tutelar em razão da vítima ser liberada na companhia de sua genitora”, afirmou a Polícia Civil.

Fonte: O Liberal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui