Mãe e duas bebês escapam de incêndio em casa no nordeste paraense; mulher ficou ferida

-

Fogo teria começado com curto-circuito em ventilador.

Uma casa foi destruída pelo fogo na manhã desta sexta-feira, 12, em Bragança, litoral do nordeste paraense. Uma mulher e suas duas filhas, sendo uma bebê de um ano e seis meses e outra de apenas seis meses de idade, estavam na casa quando o incêndio começou. Todos saíram a tempo, mas a mulher sofreu um pequeno ferimento.

Segundo o 24º Grupamento Bombeiro Militar (GBM), o incêndio começou por volta das 7h, na rua 16 de Março, bairro da Aldeia. “Fomos acionados e nos deparamos com essa triste situação. Graças a Deus, apenas danos e perdas materiais. Possivelmente, o incêndio ocorreu em um curto-circuito em um ventilador, pois a moradora disse que o equipamento já tinha  apresentado problemas, mas somente a perícia vai determinar”, disse o subtenente Evânio, do 24º GBM.

O fogo teria começado em um quarto da casa, e se espalhou rapidamente. A mulher conseguiu tirar as bebês da casa, mas sofreu uma queimadura na mão e foi encaminhada ao Hospital Santo Antônio Maria Zaccaria, também em Bragança, por uma ambulância do Corpo de Bombeiros.

A casa onde a família morava, que foi quase completamente destruída, é alugada, e a família perdeu roupas, fraldas e eletrodomésticos. Uma campanha foi iniciada nas redes sociais para arrecadar doações para a família e valores em dinheiro já foram enviados, bem como mantimentos e itens de vestuário. Interessados em ajudar podem entrar em contato com o repórter Fabricio Bragança, pelo número 91 98711-2984.

Texto: O Liberal


Crianças não se feriram (Fabrício Bragança)
Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Moju: ala pediátrica do Hospital Divino ganha brinquedoteca

0
O secretário de Saúde Michel Garcia, agradeceu a Prefeita Nilma Lima pela aquisição. Agora os pacientes infantis que estão internados ou que precisarão da ala...