Incêndio em Barcarena: Alepa forma comissão para investigar consequências da explosão

Reprodução/redes sociais

Requerimento para formação da comissão foi aprovado durante sessão extraordinária desta terça, 07.

Uma comitiva formada por deputados da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) vai até Barcarena, na próxima quinta-feira (9), para investigar e acompanhar as consequências da explosão no município.

Um dos depósitos de uma mineradora que trabalha com a extração de caulim pegou fogo e explodiu na noite desta segunda, provocando um forte odor de enxofre no município.

O pedido da formação do grupo foi feito por meio de requerimento do deputado Carlos Bordalo (PT), aprovado durante a sessão ordinária desta terça-feira (7). O paramentar afirma que as primeiras informações são preocupantes. 

“Recebemos reclamações de irritação na vista, ardência na garganta e nos olhos. São as mesmas manifestações que ouvimos antes do acidente, durante uma visita anterior, e com o acidente, podem ter se potencializado”. Segundo ele, o grupo de deputados deve avaliar a dimensão e a escala desse acidente, além de atuar com medidas mitigatórias e de assistência imediatas. “Também precisamos de medidas estruturais e fixas para enfrentar esse dilema que é permanente”, afirmou Bordalo.

A deputada Marinor Brito (PSOL) também se manifestou na tribuna sobre o ingresso de um pedido de formação de Comissão, para integrar, junto com o Ministério Público do Estado,  um grupo de investigação de crimes ambientais. “Filtros foram trocados, mas os filtros são os adequados? Porque mais uma vez a população da Região Metropolitana de Belém sofre com um impacto grandioso, que ainda não temos a dimensão”, afirmou.

Fonte: O Liberal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui