Governo do Pará e Azul vão lançar novos voos comerciais em 14 municípios do estado

-

Expansão da companhia aérea foi anunciada no Palácio do Governo.

O Estado do Pará ficará mais conectado e com logística facilitada. A empresa Azul Linhas Aéreas anunciou, nesta terça-feira (14), no Palácio do Governo, em Belém, o plano de expansão da companhia com a inclusão de 14 novas cidades paraenses em voos comerciais até 2022. Com a medida, a empresa vai totalizar operações aéreas comerciais em 19 cidades do Estado. Durante a agenda, o governador do Pará, Helder Barbalho, ressaltou que a medida foi possível após a redução da tributação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para companhia aéreas que desejam investir no Estado.

“Nós temos por meta ampliar a oferta de voos dentro do Pará, então nós estamos com essa parceria, levando para 14 municípios a operação aeroviária que permitirá a integração do Estado. Com essa oferta estaremos facilitando a integração com o Brasil, fortalecendo economicamente estes municípios e estimulando a atividade do turismo, criando oportunidades. Importante lembrar que isto faz parte de um plano de desenvolvimento do Estado para a Azul, mas estamos dialogando com todas as companhias aéreas para provocá-las a enxergar o Pará como destino oportuno”, assinalou o governador. 

Na agenda, o chefe do Executivo Estadual também lembrou que a ampliação da malha aeroviária da Azul no Pará foi possível após a decisão do Governo do Estado de reduzir a tributação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) da QAV (Querosene de Aviação), tendo como contrapartida das companhias aéreas investimento do setor no território paraense.

Foto: Pedro Guerreiro/ Ag. Pará

Com a medida anunciada hoje, a empresa vai totalizar operações aéreas comerciais em 19 cidades do Estado. A diretoria da Azul não refuta a possibilidade de retorno de voos internacionais em Belém, mas a decisão vai depender do cenário econômico e mercado internacional. Atualmente, a Companhia atende cinco municípios paraenses. A empresa interliga Belém a Altamira, Santarém, Marabá e Carajás. Além disso, a Azul possui uma vasta rede doméstica a partir do aeroporto de Belém, além de ligações interestaduais também a partir de Marabá, Santarém e Carajás. 

“Sem dúvida é investimento importante do Governado do Estado no desenvolvimento econômico do Estado e a Azul tem isso no nosso DNA. Operamos para mais de 130 cidades do país e faz parte do nosso modelo de negócios servir novos mercados e interiores e criar centro de conexões. Hoje, Belém, é um grande mercado para nós, então estamos trabalhando para que as pessoas cheguem na capital e outros municípios também”, disse Marcelo Bento, diretor de Relações Institucionais da Azul.
 
De forma prática, o plano de expansão  da Azul no Pará contempla três fases. Na primeira, prevista para novembro deste ano, por meio da sua subsidiária Azul Conecta, a companhia passaria a atender mais nove destinos: Itaituba, Porto Trombetas, Breves, Monte Dourado, Almeirim, Juruti, Monte Alegre, Óbidos e Oriximiná.
 
Em dezembro de 2021, a segunda fase do plano prevê a introdução de operações em Salinópolis, Tucuruí e Paragominas com serviços da Azul Conecta, desde que estejam com a certificação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e a infraestrutura local suporte a operação regular e segura do Cessna Gran Caravan. Já em abril de 2022, as localidades de Itaituba e Porto Trombetas passarão a ser atendidas pela Azul com aeronaves ATR 72-600, cumprindo assim a última etapa do plano de expansão da companhia.
 
“Para existir turismo, nós precisamos de acesso, então o Estado publicou o Decreto 1840 que estabelece benefícios fiscais para que as empresas possam ampliar suas malhas áreas dentro do Estado, e agora a Azul vem celebrar essa parceria hoje, enquanto principal linha área a atuar em solo paraense. Dessa maneira, a companhia estará assistindo mais municípios do Estado, conectando nosso grande território”, frisou o secretário de Estado de Turismo, André Dias. 

Também participaram da agenda no Palácio do Governo, em Belém, a primeira-dama do Estado, Daniela Barbalho, além de secretários estaduais e representantes dos executivos municipais.

Texto: Agência Pará

Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Preocupante: Marabá atinge 100% de ocupação de leitos de UTI

0
A nova onda de contaminação no município está lotando o Hospital Municipal da cidade ma nova onda da Covid-19 assola Marabá, no sudeste do estado....