Eleições suplementares: Carlos da Vila Nova é eleito prefeito em Tomé-Açu

-

Ao menos 36 mil eleitores voltaram às urnas. Diplomação dos eleitos será em 3 de dezembro e mandato vai até 31 de dezembro de 2024.

Os moradores de Tomé-Açu, no nordeste do Pará, escolheram no domingo (7) o novo prefeito em eleições suplementares. Carlos da Vila Nova (PL) e o vice Ladeira foram eleitos com 58,32% dos votos válidos (20.426).

Dos mais de 40 mil eleitores, 36 mil voltaram às urnas. O índice de abstenção nesta eleição foi de 23,28%, com 10.929 eleitores que não foram votar.

A data oficial da posse de Carlos da Vila Nova (PL) e o vice Ladeira ainda será divulgada, mas a diplomação será em 3 de dezembro. O mandato vai até 31 de dezembro de 2024.

Segundo o Tribunal Eleitoral do Pará (TRE-PA), 97,20% dos votos foram válidos, 1,53% foram nulos e 1,27% em branco.

Em segundo lugar na eleição ficou Francisco Eudes Lopes, com 35,57% (12.459 votos). Já o candidato Marcelo Barreto (Patriota) teve 6,11% dos votos válidos.

A eleição suplementar ocorreu após o Tribunal Regional Eleitoral indeferir a candidatura do prefeito eleito em 2020, Carlos Vinicios (PL), que concorreu sub judice.

Carlos da Vila Nova (PL) é eleito novo prefeito de Tomé-Açu – Foto: Reprodução

Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Preocupante: Marabá atinge 100% de ocupação de leitos de UTI

0
A nova onda de contaminação no município está lotando o Hospital Municipal da cidade ma nova onda da Covid-19 assola Marabá, no sudeste do estado....