Diocese de Abaetetuba afasta padre acusado de pedofilia por um jovem em Moju

José Elpídio Costa da Silva, conhecido como Padre Zezinho, foi afastado neste domingo (21). 

Foto: Portal Moju News 


A Diocese de Abaetetuba, nordeste do Pará, afastou, neste domingo (21), o Padre José Elpídio Costa Silva. O Padre é acusado pelo jovem identificado como Pedro Neto, de ter o estuprado quando tinha apenas 8 anos de idade. Hoje a vitima está com 26 anos. Pedro Neto declarou ao Portal Moju News que teria sido estuprado pelo padre em 2003 e que relatou o episódio à igreja que, desde então, tinha aberto um inquérito para apurar o caso. O jovem publicou, neste domingo (21), vídeos em suas redes sociais confrontando os padres atuais da Igreja Católica em Moju por supostamente negar informações sobre o processo eclesiástico envolvendo o Padre Zezinho.
Neto só denunciou o caso à igreja.

O outro lado:

O Portal Moju News entrou em contato com a Igreja Católica em Moju que informou o seguinte:

“Quanto à situação e às acusações que talvez vocês verificaram na internet, a assessoria jurídica da Diocese já está cuidando do caso e em breve dará os devidos esclarecimentos para o nosso povo. Continuamos trabalhando com a consciência tranquila e procurando separar na Igreja o joio do trigo. Orações e preces! Pe. Renilson “

A assessoria da igreja ainda informa que, durante o dia, a Diocese de Abaetetuba lançará uma nota de esclarecimento.

Não conseguimos contato com o Padre Zezinho, mas fica aqui o espaço para possíveis esclarecimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui