Chefe do tráfico no Pará e 3 membros de facção morrem no RJ

Segundo a polícia, até o momento, foram confirmadas 22 mortes no confronto, dessas, onze teriam envolvimento com o crime organizado.

Esta terça-feira (24) começou de forma movimentada no Complexo da Penha, Vila Cruzeiro, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Uma operação do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi realizada na região em combate à criminalidade.

Segundo a polícia, até o momento, foram confirmadas 22 mortes no local, dessas, onze teriam envolvimento com o crime organizado. Ao menos quatro paraenses, que seriam membros de uma facção criminosa, estariam entre os mortos: Marlon da Silva Costa, de 35 anos, conhecido como Déo, Adriano Henrique Rodrigues Xavier, de 17 anos, conhecido como Playboy e Eraldo de Noves Ribeiro. 

Segundo informações da Polícia Militar, Eraldo de Noves Ribeiro, atuava como chefe de tráfico no Pará. 

Fonte: DOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui