Cães farejadores ajudam a encontrar drogas escondidas em van

Suspeito pagou R$ 16 mil pelos entorpecentes, na cidade de Cametá, e levaria as drogas para Parauapebas

Ray Sousa Alves foi preso em flagrante portando uma quantidade de aproximadamente seis quilos de drogas, entre maconha e crack, na última quarta-feira (23), durante abordagem a uma van na BR-155, altura da Vila Sororó, localizada a 35 km de Marabá. O trabalho foi realizado durante uma operação da Polícia Militar e Guarda Municipal, com apoio de cães farejadores Zyah e Drayka, fundamentais para a localização dos entorpecentes.

De acordo com o relato do próprio suspeito aos agentes, a maconha e o crack foram adquiridos por R$ 16 mil na cidade de Cametá, no nordeste paraense, e o destino seria a cidade de Parauapebas, a 170 km de Marabá, onde ele abasteceria bocas de fumo da capital dos minérios.

Esta é a segunda ação do canil em menos de uma semana em Marabá. Na noite da última sexta-feira (19), os animais ajudaram agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) a localizar 20,5 kg de pasta base de cocaína, que estavam escondidos em um fundo falso de uma caminhonete que veio do estado do Mato Grosso.

Sob a coordenação do agente Helder Lourenço, o Canil da Guarda Municipal de Marabá existe há 8 anos e tem um efetivo de cinco agentes. Os cães utilizados são “Zyah”, de 7 anos; “Drayka” e “Sadham”, ambos de 3 anos de idade. Eles são da raça Pastor Belga Malinois, treinados para farejar drogas e armas e também para atuar na localização de pessoas desaparecidas.

Com informações do portal Correio de Carajás

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui