Black Friday 2021: Polícia dá dicas para evitar golpes nas compras

-

Entre as principais orientações está pesquisar sobre a empresa antes de efetuar compra e utilizar cartão de crédito, caso precise reaver o dinheiro.

Com a aproximação da “Black Friday”, a Polícia Civil do Pará alerta para pesquisar bem e se certificar de que a compra será efetuada de forma segura.

O titular da Divisão de Investigações e Operações Especiais (DIOE), delegado Neyvaldo Silva, reforça a importância de avaliar bem a compra antes de fazer o pagamento.

“Nesse período, é muito comum as pessoas receberem várias ofertas de produtos, porém, durante as compras algumas fazem o pagamento e nunca recebem o que pediram, outras compram determinado produto e recebem algo totalmente diferente do que lhe foi oferecido”, diz.

Sobre as compras virtuais, o delegado indica evitar o uso de boletos bancários, pois após o pagamento é mais difícil recorrer e obter o valor investido. Uma opção pode ser o cartão de crédito, o qual ainda se pode recorrer e buscar o ressarcimento, caso seja vítima de fraude.

“Pesquise bem antes, avalie sobre o fornecedor que está fazendo a oferta. Nem tudo é de fato um bom negócio, pois infelizmente muitos criminosos aproveitam esse período para aplicar golpes”, reforçou.

A Polícia Civil lista uma série de cuidados que se deve ter antes de fechar negócio na data promocional:

  • Suspeite de promoções incríveis, relâmpagos e com valor desproporcional
  • Suspeite de lojas que oferecem pagamento apenas por boletos
  • Analise o nome da página ou perfil que divulgou a promoção
  • Analise produtos oferecidos por meio de links, SMS ou aplicativo de mensagem
  • Procure erros ortográficos, que são alguns dos indícios que apontam para a possibilidade de ser uma tentativa de golpe
  • Desconfie de ofertas feitas por meio de ligações
  • Sempre confirme a veracidade das informações antes de fechar qualquer negócio
  • Desconfie de ofertas feitas por supostas agências bancárias, de preferência, vá até o local

Denúncias

Vítimas desse tipo de crime devem procurar as delegacias especializadas e registrar boletim de ocorrência para que as investigações sejam iniciadas e os criminosos identificados.

As denúncias podem ser feitas na Divisão de Investigações e Operações Especiais (DIOE), que está localizada na Avenida Senador Lemos nº1055, no bairro do Telégrafo em Belém.

Em casos de crimes virtuais, também pode se direcionar a Diretoria Estadual de Combate a Crimes Cibernéticos, que fica na Delegacia Geral da Polícia Civil, na Avenida Governador Magalhães Barata, nº 209. Bloco D (2º piso) ou pela Delegacia virtual.

Texto: G1 Pará

Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Mulher dá à luz na calçada em frente à maternidade no...

0
Um vídeo que circula nas redes sociais mostra a bebê no chão da calçada chorando enquanto a mulher está de pé ao lado. Nesta terça-feira,...