Apae de Moju é beneficiada com o Fundo Social do Sicredi

Com o projeto “Sala aberta, jogada certa”, a instituição investirá em sala de jogos para desenvolvimento interacional, intelectual e social dos alunos

O projeto “Sala aberta, jogada certa”, da Erc Casa Maria do Carmo Cardoso Nery–Apae, situada em Moju, no Pará, foi contemplado pelo Fundo Social da cooperativa Sicredi Sudoeste MT/PA. É um dos dois projetos contemplados na cidade e está entre os 85 aprovados este ano pela cooperativa, que juntos, receberam R$ 1,1 milhão. O recurso recebido pela instituição, fundada há 26 anos, será investido na construção de uma sala aberta para a prática de jogos, como tênis de mesa e xadrez.

O Fundo Social tem o objetivo de apoiar entidades, atividades ou projetos que geram benefícios e melhorias às pessoas e às comunidades, e que evidenciam as causas da Cidadania Corporativa do Sicredi: Cooperação, Educação e Desenvolvimento Local. Os projetos aprovados envolvem ações de assistência para pessoas em situação de vulnerabilidade, projetos musicais, esportivos, ambientais, educativos e de combate à desigualdade social, fome e assistência básica.

A diretora administrativa da Apae, Macileia dos Santos, afirma que foi a primeira vez que a instituição pleiteou recursos junto à cooperativa e ficou feliz pela aprovação do projeto. “O recurso contribuirá significativamente para oferecermos melhores condições físicas e de bem-estar aos nossos alunos, pois contribuirá para uma melhor adequação de espaço eles praticarem esportes, que ajudam no processo de desenvolvimento da pessoa com deficiência intelectual e múltipla”.

Ela reforça que, para as 272 pessoas atendidas pela instituição, a sala aberta para a prática de jogos proporcionará desenvolvimento interacional, intelectual, cultural e social. Além disso, os treinos serão realizados visando a participação em jogos e competições, como olímpiadas e paraolimpíadas.

O gerente da agência Moju, Darney Nery Quintas, relembra que o Sicredi chegou à cidade em fevereiro deste ano, para valorizar o relacionamento com a comunidade, desenvolver o município e gerar emprego e renda. “É muito gratificante para nós, tivemos dois projetos locais aprovados no Fundo Social. Queremos que isso se repita nos próximos anos e que as entidades e associações entendam que o Sicredi está aqui para desenvolver a comunidade e crescer junto com o município e com as pessoas”.

O Sicredi tem o propósito de construir uma sociedade mais próspera e contribuir com entidades que atendem pessoas que precisam é uma forma de ajudar a materializar essa missão. Para conhecer todas as instituições beneficiadas, acesse as notícias no site http://www.sicredi.com.br/sudoeste-mt-pa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui