Vítima de atentado morre três dias após ação de atirador em Tailândia

-

O homem que sofreu um atentado a tiros na noite da última sexta-feira, 17, no centro da cidade de Tailândia, acabou morrendo na manhã desta segunda-feira, 20.

 Walmir Cunha Coutinho, 48 anos, foi atingido por três disparos, um na cabeça, por um homem desconhecido que chegou em um carro atirando, enquanto ele conversava com amigos em uma distribuidora de bebida. 

O homem que trabalhava em uma fazenda na região, chegou a ser socorrido com vida e foi levado para o Hospital Geral de Tailândia (HGT), onde esteve internado até a manhã de hoje, quando não resistiu.

As circunstâncias do crime permanecem um mistério para as pessoas próximas de Walmir, que não sabem dizer o que teria motivado a ação que tem fortes características de execução. 

Até o momento, ninguém soube informar as supostas características do atirador e nem detalhes sobre o veículo em que ele teria chegado para matar Walmir.  

A redação do Portal Roma News tentou contato com o delegado de Tailândia, Dr. João Bosco, mas o delegado não atendeu à solicitação e ainda não comentou o caso. 

Texto: Roma News

Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Coronavírus: Governo anuncia quarentena de cinco dias para viajantes não vacinados...

0
Após o período de quarentena definido, os viajantes deverão realizar um teste do tipo RT-PCR com resultado negativo. O governo federal anunciou nesta terça-feira (7)...