VÍDEO: Restaurante expulsa cliente que comeu 15 pratos em rodízio

Pintor resolveu registrar sua ‘indignação’ após ser impedido de comer o 16º prato.

Restaurantes colocam massas em rodízio porque imaginam que ninguém vai repetir tanto. Mas, dessa vez, um estabelecimento de São Paulo se deu mal quando o pintor João Carlos entrou pela porta. Ele contou ter devorado 15 pratos da culinária italiana. As informações foram divulgadas pelo Extra.

Diante da situação incomum, e sem querer pagar para ver até onde ia a gula e o tamanho do estômago do cliente, o estabelecimento resolveu obrigá-lo a ir embora, sem a necessidade de pagar a conta.

Em um vídeo das redes sociais, a brincadeira do “comilão” do pintor João teve milhares de visualizações.

Ele conta que pagou o valor de R$ 19,90 pelo rodízio, mas resolveu não deixar barato. Ele mostra os pratos enfileirados em cima da mesa.

“Os caras mandaram eu parar, não querem me servir mais, não, pessoal. Falaram que devolvem meu dinheiro para eu me retirar do estabelecimento. Estou fazendo esse vídeo aqui para vocês verem que isso não se faz, eu estou pagando. Me botaram para correr. O cara falou que não vai me servir mais, não. Só porque comi 14 pratos, com esse 15, e os caras mandaram me retirar do rodízio”, narrou o humorado comilão João Carlos.

Brincadeira

A assessoria do Ragazzo, estabelecimento onde o pintor almoçava, garantiu que tudo não passou de brincadeiram do pintor, que é um “cliente assíduo da unidade Gentil de Moura, na região do Ipiranga”, em São Paulo.

A iniciativa foi do ‘comilão’ que, segundo o Ragazzo, comeu e pagou a conta normalmente a conta.

Revanche

“Reforçamos que na promoção Rodízio de Massas & Coxinhas Ragazzo, os clientes podem consumir os pratos selecionados do programa sem limitação de quantidade, conforme estabelece o regulamento oficial disponível no site, redes sociais e lojas físicas da marca”, acrescentou o Ragazzo.

Diante da repercussão, João Carlos foi convidado pelo restaurante e compartilhou um novo registro, no mesmo lugar, com ainda mais refeições. Na legenda, ele explicou que voltou ao rodízio wem parceiria com o estabelecimento. Desta vez, de fato, o consumo foi por conta da casa. Mas o prejuízo foi maior: 35 pratos de massa empilhados vazios em cima da mesa.

“Olha aí o resultado de me deixar comer à vontade!”, disse o esfomeado pintor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui