Sindicato promete resistir à chegada de aplicativo de mototáxi

Em Marabá, no início do ano, um aplicativo semelhante enfrentou resistência dos mototaxistas do município. Novo aplicativo deve iniciar a operação em Belém no dia 19.

Sindicato dos Mototaxistas diz que categoria já passa por muitas fiscalizações e paga muitos impostos para que aplicativos abram essa oportunidade de maneira ampla (João Gomes / Comus)

Na manhã desta quarta-feira (04), um jovem morreu em uma ação de um policial militar de folga em Barcarena, nordeste paraense, após ter assaltado uma loja no centro do município e feito algumas pessoas como reféns. O polícia percebeu que o estabelecimento estava sendo atacado, e na fuga, o criminoso teria reagido à abordagem e foi baleado.

 Segundo o 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM), eles foram acionados para a ocorrência por volta das 8h30, quando uma pessoa pediu ajuda para atender a um assalto que vinha ocorrendo em uma loja na travessa Santo Antônio, no centro da cidade.

Segundo as funcionárias da loja de cosméticos, elas tinham acabado de abrir o estabelecimento quando um homem entrou na loja. Ele pegou um produto qualquer e fingiu que ia pagar, mas no caminho até o caixa, sacou uma arma de fogo e anunciou o assalto.

 Ele rendeu as funcionárias e roubou pertences como aparelhos celulares e relógios. Em seguida, ele abriu o caixa da loja, mas como havia pouco dinheiro – já que o bandido era o primeiro “cliente” do dia – ele anunciou que iria levar produtos.

Depois de fazer uma limpa nas prateleiras, o criminosos levou as funcionárias para o banheiro da loja e as trancou lá dentro. Foi nesse momento, quando o bandido estava sozinho na loja pronto para fugir, que um policial militar de folga, vizinho do local, percebeu que se tratava de um assalto.

O criminoso estava montando na motocicleta de uma das funcionárias pronto para fugir quando o PM deu a ordem de parada. O policial alega que o homem sacou uma arma e disparou em sua direção, o que fez com que ele atirasse em resposta. Ferido, o assaltante morreu no local.

O caso foi registrado na delegacia de Polícia Civil de Barcarena como morte por intervenção policial, já que o PM se apresentou espontaneamente. Com o suspeito morto, a polícia apreendeu celulares e dinheiro. O corpo do homem morto, que seguia sem identificação, foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Abaetetuba.

Fonte: O Liberal

Parceiros Do Portal
IEPAM- Moju
Cruzeiro Do Sul Virtual
Faculdade Fam- Abaetetuba
Farmácia Do Trabalhador De Moju
Uniasselvi – Moju
Açaí e Cia Gold
Nenem Moto Peças
GBS NET
Graf Art
Ideal Magazine
Supermercado Leal
Mundo da construção
Agapis Auto Elétrica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui