Sespa confirma mais quatro casos de Covid-19 no Pará; sobe para 13 o número de casos

Casos foram registrados em itaituba, Castanhal e Ananindeua. O anúncio foi publicado nas redes sociais da Sespa, nesta quinta-feira (26).

A Secretaria de Saúde do Pará (Sespa) confirmou mais quatro casos do novo coronavírus (Covid-19) no estado. Os pacientes de Itaituba, sudoeste do estado, Castanhal, nordeste do estado, e Ananindeua, região metropolitana de Belém. O anúncio foi publicado nas redes sociais da Sespa, nesta quinta-feira (26). Com este, sobe para treze o número de casos confirmados pela secretaria.

No Pará, 289 casos estão descartados e 137 casos em análise, segundo boletim divulgado às 19h desta quarta-feira (25).
De acordo com a Sespa, o primeiro caso é de uma mulher, 24 anos, que mora em Itaituba. Ela retornou da Europa contaminada com o vírus. O segundo caso é outra mulher, 47 anos, de Castanhal. A paciente retornou de Fortaleza contaminada. O o terceiro e quarto casos são de um casal de Ananindeua. A Mulher, de 35 anos, e o esposo, 26, tiveram contato com o primeiro caso confirmado em Ananindeua. Desta forma, foi registrado mais três caso de contágio do Covid-19 em solo paraense confirmado pela Sespa. 10 casos positivos para o novo coronavírus foram importados de outras regiões.

Na última sexta-feira (20), o Governo do Amapá confirmou o primeiro caso de Covid-19 no estado. Uma mulher de 36 anos, residente em Macapá, teria sido infectada em Belém.

“O caso é de uma mulher de 36 anos que está em isolamento familiar, com estado de saúde estável. A paciente reside em Macapá, com histórico de viagem para Belém, onde teve contato com uma pessoa que esteve em São Paulo”, informou o governo em comunicado.
Um decreto estadual estabeleceu medidas de prevenção contra o novo coronavírus. Shoppings, bares e restaurantes estão fechados. Aulas estão suspensas. Órgãos públicos funcionam em regime de escala remota ou com atendimento reduzido. Terminais rodoviários e hidroviários já não podem mais fazer viagens interestaduais, bem como voos internacionais estão proibidos de pousar em Belém.

Durante a coletiva realizada no domingo (22), o governador Helder Barbalho informou que a capacidade de testagem do Pará deve dobrar com os novos investimentos. “Novos equipamentos vão chegar ao Laboratório Central do Estado, o Lacen, que devem dobrar nossa capacidade de testagem. Já avançamos muito nos resultados. São 101 casos descartados. Também estamos procedendo com a compra dos testes rápidos”, revelou.

Fonte: G1 Pará

Parceiros Do Portal
IEPAM- Moju
Cruzeiro Do Sul Virtual
Faculdade Fam- Abaetetuba
Farmácia Preço Baixo
Uniasselvi – Moju
Açaí e Cia Gold
Nenem Moto Peças
GBS NET
Graf Art
Alves Assessoria Empresarial
Ideal Magazine
Mundo da construção
Agapis Auto Elétrica

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui