Senado deve votar hoje PEC que adia eleições municipais

Crédito: Wilson Dias/ Ag. Brasil

O Senado Federal deve votar hoje a Proposta de Constituição (PEC) do adiamento das eleições municipais deste ano por conta da pandemia do novo coronavírus.

O relator da PEC, Weverton Rocha (PDT-MA), defende que o primeiro turno, até a gora marcado para 4 de outubro, seja adiado para 15 de novembro, e o segundo, que seria em 25 de outubro, para 29 de novembro.

O texto terá dois turnos de votação, e precisa de pelo menos 49 votos favoráveis de senadores nas duas votações. Se aprovado, o texto seguirá para a Câmara dos Deputados.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, propôs que as eleições sejam feitas entre 15 de novembro e 20 de dezembro. Barroso destacou, porém, que a definição do adiamento e das datas cabe à Câmara e ao Senado.

A declaração  foi feita durante sua participação em uma sessão do Senado na segunda, na qual foi debatido o eventual adiamento.

Fonte: Globo.com


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui