Preocupante: Marabá atinge 100% de ocupação de leitos de UTI

A nova onda de contaminação no município está lotando o Hospital Municipal da cidade

ma nova onda da Covid-19 assola Marabá, no sudeste do estado. O município está com 100% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados a pacientes com o vírus ocupados.

Os atendimentos na ala Covid no Hospital Municipal da cidade aumentaram de 30 para cerca de 200 diariamente nas últimas duas semanas. A dona de casa Alcione Araújo de Abreu estava nesta quarta-feira (24) acompanhando um familiar no HMM e reclamou da demora. “O atendimento aqui está bem lento, se a pessoa não tiver outro recurso fora, corre risco de morrer. A gente chega à pessoa faz a ficha e demora chamar”, afirma.  

Há 10 meses, a enfermeira Paula Verner trabalha no setor covid do HMM, e tem percebido o aumento da demanda no pronto socorro, desde o início do mês de novembro. “O fluxo está bem maior, de 14 testes que nós fazemos, nasal, 10 dão positivo para a covid. Então, o vírus tá aí, não escolhe perfil, temos muitos jovens. Vamos usar a máscara, tomar a vacina”, alerta.

LEITOS

O município conta com 10 leitos de UTI exclusivos para Covid-19, os quais estão 100% ocupados. Destes,  sete estão com pacientes de Marabá e os outros três de outras cidades.  Dos 16 leitos de enfermaria, nove estão ocupados, ou seja, 56,2%. Além de atender moradores de Marabá, o Hospital Municipal da cidade atende pacientes de municípios vizinhos. 

De acordo com o último Boletim Epidemiológico de Marabá, divulgado na última terça-feira (23) o município registra 20.240 casos confirmados da covid 465 óbitos por complicações da doença.  

DOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui