Precisa sair depois das 22h? Veja em quais casos a circulação é permitida

-

O decreto estadual prevê três situações, que devem ser comprovadas; confira

decreto nº800, publicado na quarta-feira (3) no Diário Oficial do Estado, institui normas mais severas para frear a propagação do novo coronavírus no Pará. Entre as medidas anunciadas, está a proibição da circulação de pessoas nas ruas, entre 22h e 5h, sem necessidade comprovada, podendo acarretar em multa para os desobedientes.

A legislação só permite o deslocamento nos três seguintes casos:

– Aquisição de medicamentos e gêneros alimentícios/comida pronta;
– Comparecimento próprio ou de uma pessoa como acompanhante para atendimento médico-hospitalar de emergência;
– Realização de trabalho nos serviços e atividades consideradas essenciais.

Nesse último caso, a atividade deve ser comprovada por meio de documento funcional. A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) disponibilizou no seu site uma autodeclaração de exercício de atividade essencial, que pode ser utilizada como documento comprobatório.

Em caso de descumprimento, será aplicada multa de R$150 para pessoas físicas e, caso o cidadão seja reincidente, a próxima multa custará R$300. 

Fonte: O Liberal

Parceiros
Fernanda Araújohttp://mojunews.com/
Jornalista. Pós-graduanda em Assessoria de Comunicação e em Marketing e Redes Sociais. Graduanda em Psicologia.
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Prazo para pagamento de R$ 100 do ‘Vale Gás’ encerra hoje

0
Encerra nesta sexta, 15, o pagamento do valor de R$100 do programa de transferência de renda "Vale Gás" do governo do Pará. Agências do Banco do Estado...