Policial Militar do Pará mata companheira a tiros e tenta suicídio em Pernambuco

-

Suspeito é policial militar no batalhão de Marabá, mas estaria afastado das funções.

Um policial lotado no 34º Batalhão de Polícia Militar (BPM) do Pará matou a companheira a tiros, na manhã da última quarta-feira (10), no bairro Padre Cícero, em Petrolina, Sertão de Pernambuco. Após o crime, o homem tentou suicídio, com um tiro na cabeça. Ele sobreviveu ao ferimento autoinfligido e foi socorrido para o Hospital Universitário, ainda no município de Pernambuco.

A vítima, identificada como Erilania Elba Gondim Freire, era enfermeira e trabalhava no Hospital Geral de Urgência – HGU, em Petrolina, e no hospital municipal de Lagoa Grande, cidade vizinha. De acordo com moradores da rua onde a mulher morava, o crime foi cometido após uma discussão entre o casal. Foram ouvidos gritos e cerca de dez tiros, segundo relataram vizinhos.

O homem, identificado como Jairo Celson Elpídio da Silva Júnior, é Policial Militar no batalhão responsável pelo policiamento em Marabá e região, e estaria afastado das funções por problema psicológicos. Não há informações sobre o estado de saúde dele.

Texto: O Liberal

(Reprodução/O Liberal)
Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Advogado mata a mãe e fere a irmã em Belém

0
Segundo a polícia, ele pode ter tido um surto psicótico. A manhã desta terça-feira (18), foi de movimentação policial nos corredores do edifício Villa Dei...