Polícia prende homem com armas caseiras suspeito de agredir mulher em zona rural do Pará

-

Operação ‘Madre’ iniciou após denúncias de que jovem era agredia pelo companheiro e cunhado.

Ação conjunta das Policias Civil e Militar, prendeu um homem em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e munições, na tarde da última terça-feira (09), na zona rural do município de Rurópolis, Sudoeste Paraense. A Operação Madre foi deflagrada visando apurar denúncia de violência doméstica cometida por dois homens, sendo o companheiro e cunhado de uma mulher que, juntamente com a filha, estariam sendo vítimas dos acusados.

Segundo as suspeitas que levaram à operação, a jovem, que chegou a perder um bebê devido as agressões, era mantida em cárcere privado. De acordo com as denúncias, a jovem sofria violência doméstica e era ameaçada com armas de fogo caseiras.
No local, apenas o cunhado da mulher, Isaac Carvalho dos Reis, foi encontrado, com o qual foram apreendidos sete armas de fabricação artesanal de calibres variados, sete munições intactas, dois potes de pólvoras, uma porção de balotes de chumbo e 32 cartuchos deflagrados. 

“A ação mostra a importância da presença da Polícia Civil em comunidades, vicinais e adjacências no combate aos crimes de posse ilegal de arma de fogo e violência doméstica, bem como de outros delitos, a fim de salvaguardar a integridade física e psicológica de pessoas que se encontram em situação de risco”, afirmou o Delegado Ariosnaldo Vital Filho.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao suspeito por posse ilegal de arma de fogo e munições. O segundo investigado, companheiro da vítima, ainda não foi localizado. As vítimas foram encaminhadas para exame de corpo de delito e as armas de fogo e munições serão submetidas a exame pericial para constatar sua letalidade. 

Por fim, a Polícia Civil informou que as investigações continuam, por meio de um inquérito instaurado para apurar a violência doméstica sofrida, além das diligências para localizar o outro investigado, mantidas em conjunto com a Polícia Militar local.

Texto: O Liberal

(Reprodução)
Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Rir ou chorar? Menino de dois anos compra mais de R$...

0
Pequeno brincava com celular da mãe quando confirmou, sem querer, compras que estavam em carrinho de loja virtual. Um garotinho de dois anos estava brincando...