Polícia identifica e procura responsável por embarcação que naufragou em Cotijuba

Marcos de Souza Oliveira, de 34 anos, está sendo procurado pela Polícia Civil do Pará e vai responder por homicídio doloso.

O proprietário da lancha que naufragou na manhã desta quinta-feira, 8 , foi identificado como Marcos de Souza Oliveira, de 34 anos. Ele está sendo procurado pela Polícia Civil do Pará e vai responder por homicídio doloso, quando há intenção de matar.

Segundo o Governador Helder Barbalho, em coletiva, na tarde de hoje, a embarcação que naufragou está no nome de Meire Ferreria de Souza, e a lancha se chamava “Dona Lourdes II” que seria mãe do acusado. Marcos já havia sido notificado pelos órgãos fiscalizadores, porém ele buscava outras embarcações não licenciadas para fazer o transporte e atracava também em portos clandestinos. Uma das embarcações chegou a ser apreendida pela Marinha do Brasil.

De acordo com o titular da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), Ualame Machado, o trajeto que a embarcação estava fazendo, era o mesmo que os outras embarcações fazem. Porém, é um trajeto que precisa de cuidado, pois o risco é muito grande. O secretário também informou, que assim que os tripulantes perceberam água no eixo poderiam ter avisado as pessoas para colocarem os coletes, mas eles teriam apenas pedido calma aos passageiros.

O Governo do Pará, divulgou um número para contato, caso alguém tenha alguma informação sobre o naufrágio ou sobre o paradeiro do acusado. O atendimento será 24h: (91) 98899- 6323.

Por Roma News.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui