PM da reserva e sobrinho são mortos em duplo homicídio em Marituba

Márcio Nagano/O Liberal.

Mais de 50 tiros foram disparados em direção ao carro do PM, que só parou depois de cair em uma área de mata.

Um duplo homicídio foi registrado na tarde deste domingo, 15, no residencial Viver Melhor, em Marituba, na região metropolitana de Belém. O crime vitimou duas pessoas da mesma família: o policial militar da reserva, Raimundo Nonato Menezes Pereira, de 55 anos, e o sobrinho dele, Leandro de Jesus Menezes, de 17 anos.

O sargento tinha um ponto de açaí dentro do residencial. Foi em uma das entregas que ele foi abordado por quatro criminosos armados, que, ao que tudo indica, tinham conhecimento da rotina de venda e entregas realizadas pelo policial militar. Durante a abordagem, mais de 50 tiros foram disparados em direção ao carro do PM, que só parou depois de cair em uma área de mata.

A área foi isolada pela Polícia Militar até a chegada da Polícia Civil e também de peritos da Polícia Científica do Pará (PCP), que conduziram a perícia do local de crime para a posterior remoção ao Instituto Médico Legal (IML).

Segundo o perito criminal João Elias, da PCP, não há dúvidas de que o crime foi uma execução, já que o carro e as vítimas foram atingidas por diversos disparos sequenciais.

O caso deverá ser investigado pela Divisão de Homicídios. Informações que ajudem na elucidação do crime podem ser repassadas por meio do Disque-Denúncia, no 181.

Fonte O Liberal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui