Pará: trio é preso suspeito de participação em assassinato

Divulgação/Polícia Civil

Um trabalho de investigação levou policiais civis do município de Goianésia do Pará, na região sudeste do estado, a desvendar o assassinato de Antônio Carlos Silva dos Santos. Três suspeitos de envolvimento no crime foram presos.

A operação “Porto Seguro” foi montada na madrugada de quarta-feira (10), depois que policiais civis de Goianésia do Pará souberam que, no domingo (07), a vítima teria saído de casa em seu barco, da vila Porto Novo, zona ribeirinha do município, para extrair açaí. Três dias depois não havia retornado para casa.

Os investigadores Bruno e Alexandre, sob a supervisão do delegado Racine, e com apoio fundamental do destacamento da Polícia Militar de Santa Rosa, em Jacundá, com o sargento Paiva, cabos Maia, Suzana e soldado Renê, iniciaram buscas para desvendar o desaparecimento da vítima.

Investigação aponta que mulher foi a mandante do assassinato

Durante o registro da ocorrência, foi informado que Creuza Carvalho da Silva Neta, de 22 anos, teria mandado o primo dela, Wanderson Oliveira da Silva, matar Antônio Santos. E então Wanderson acertou com outros dois homens para praticar o crime.

Com os depoimentos colhidos junto a testemunhas, o delegado Racine representou pela prisão cautelar dos quatro suspeitos, que foi deferida pelo juízo da comarca de Goianésia do Pará.

Na madrugada de quarta-feira (10), os policiais iniciaram as incursões rio adentro, na vila Porto Novo, fazendo buscas nas ilhas das redondezas, onde os suspeitos de envolvimento em crimes costumam se esconder.

Divulgação/Polícia Civil

Divulgação/Polícia Civil

Os policiais encontraram Creuza, Wanderson e também Orlaniel Pereira de Sousa. Foram presos e estão à disposição da Justiça. Foram colhidos diversos depoimentos na vila Porto Novo e, segundo a Polícia Civil, as investigações não cessarão, enquanto todos suspeitos não forem localizados e colocados à disposição do poder judiciário, para serem responsabilizados por seus crimes.

Fonte: DOL



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui