Mulher com ‘duas vaginas’ faz sucesso no mercado erótico: ‘uma para o trabalho e outra para vida pessoal’

-

Diagnosticada com uma condição rara, conhecida como útero didelfo, com apenas 20 anos, a australiana Evelyn Miller, atualmente com 30 anos, revelou como aprendeu a tirar proveito da situação. Devido a malformação uterina congênita, Evelyn tem duas cavidades uterinas, cada uma com sua trompa, seu ovário e seu colo uterino em com isso, sua vagina é dividida por uma membrana.

Além disso, ela tem duas menstruações simultâneas e precisa de dois exames ginecológicos. No entanto, contou que achou ter dois conjuntos de órgãos reprodutivos “útil” e, durante os oito anos que trabalhou como profissional do sexo, afirma que os clientes ficavam “boquiabertos’.

Atualmente dona de uma agência de publicidade, Evelyn contou que, após revelar ter “duas vaginas”, viu seu número de assinantes na plataforma erótica OnlyFans, se multiplicar.

“Para mim é normal e nunca pensei que fosse tão intrigante, mas aparentemente é muito intrigante. Acho que muitas pessoas não podem dizer que usam uma vagina para o trabalho e a outra para a vida pessoal. Foi útil no trabalho poder ter uma vagina totalmente diferente”, afirmou.

Apesar de ser informada de que ela poderia ter dificuldade para gerar filhos, Evelyn está agora grávida de seis meses no útero direito.

Texto: Roma News

Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Preocupante: Marabá atinge 100% de ocupação de leitos de UTI

0
A nova onda de contaminação no município está lotando o Hospital Municipal da cidade ma nova onda da Covid-19 assola Marabá, no sudeste do estado....