Moju prorroga lockdown por mais sete dias

Desde o início de março, o município já registrou mais de 160 casos e duas mortes pela Covid-19. O próprio decreto diz que Moju não tem estrutura para atender casos graves da doença causada pela contaminação do novo coronavírus.

A Prefeitura de Moju prorrogou por mais sete dias o decreto que instituiu o lockdown no município. A medida foi anunciada através de Decreto Municipal, assinado pela Prefeita Nilma Lima, e valerá até o dia 28 de março.

O Decreto tem o objetivo de conter a evolução da pandemia de Covid-19 em Moju, nordeste paraense. O município já tem um total de 1677 casos, e os números de internados vêm aumentando.

Vale ressaltar que Moju não tem estrutura para atender casos graves da Covid-19, bem como não tem CTI e nem UTI. Os casos graves da doença têm sido enviados para Belém e, por lá, os leitos clínicos disponíveis para Covid-19 estão lotados e os leitos de UTI estão quase todos ocupados, conforme foi anunciado pela imprensa.

Durante o lockdown, somente funcionarão supermercados, bancos, farmácias, casas lotéricas e feiras livres – serviços considerados essenciais. Nesses locais, apenas um membro de cada família poderá ser atendido nos estabelecimentos.

Segundo o último Decreto Municipal, que instituiu o lockdown, as igrejas e templos religiosos deverão realizar suas reuniões de forma remota, ou seja, cultos ou missas online.

Também está proibida a “circulação de pessoas fora dos casos de força maior”, “circulação de pessoas sem o uso de máscara” e a “circulação de pessoas com sintomas de COVID-19, exceto para consultas e exames médicos”.

Veja aqui o novo decreto com as informações completas sobre a prorrogação do lockdown em Moju:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui