Menina estuprada pelo pai tem parto prematuro e morre.

Adolescente foi atendida, faleceu na sala de cirurgia, mas bebê sobreviveu.

A adolescente de 13 anos que foi estuprada pelo pai e engravidou, morreu durante um parto prematuro na quarta-feira 11, na cidade de Coari, no interior do Amazonas.

A polícia relata que a menina era violentada pelo havia pelo menos três anos. Segundo o relato, o abusador andava sempre com a filha, que se mostrava amedrontada, o que fez com que parte da família desconfiasse.

O pai levava menina para pescaria, caça e outras atividades que fossem sozinhos. A família relata que somente quando engravidou, a menina revelou para a família a ocorrência dos abusos, mas a mãe tentava abafar o caso.
Apesar de apresentar quadro delicado de saúde, a menina não fez nenhuma consulta pré-natal durante os cinco meses de gestação. Ela sofria de cirrose, anemia e tinha derrame pleural (guano pulmão).

Quando passou mal, a jovem foi levada para o hospital da cidade, onde foi submetida a parto de emergência, mas não resistiu. A polícia, então, foi acionada. A mãe da menina ajudou o suspeito de estupro a fugir.

Como é comum nesse tipo de caso, agressores e cúmplices colocam a culpa na vítima. Questionada, a mãe disse que a menina se insinuava para o pai e ainda disse que confiava na inocência do marido. O suspeito continuava foragido.

Fonte: O Liberal

Oferecimento:
IEPAM- Moju
Cruzeiro Do Sul – Polo Moju
Farmácia Do Trabalhador De Moju
Top Modas
Açaí Dicasa Delivery
Lady Stetic Center
Sorveteria Tropical
Moda Rio
Açaí e Cia Gold
Nenem Moto Peças
Supermercado Leal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui