Homem é morto a facadas pelo cunhado em briga por causa de cerveja quente em Tailândia.

Cunhado não teria gostado de ver vítima jogando fora a cerveja que ele comprou.

Na tarde do primeiro dia do ano, Flávio Santos de Oliveira, de 31 anos, foi morto a golpes de faca pelo próprio cunhado em Tailândia, nordeste paraense. O caso foi no bairro Vila Macarrão, e até o momento, Adriano Pereira de Lima, de 34 anos, ainda não foi localizado.

Segundo parentes, a morte foi motivada por causa de uma briga que começou em razão de um pacote de cervejas que ambos dividiam.Segundo a Polícia Civil de Tailândia, a vítima era natural de Pio XII, município na região central do Estado do Maranhão.

Familiares dos dois contaram que ambos estavam bebendo desde cedo para comemorar o feriado de ano novo. Adriano havia comprado a cerveja, e Flávio aceitou o convite para beber junto. Contudo, quando a bebida esquentava, Flávio jogava fora a cerveja, o que acabou desagradando o cunhado.

O hábito de descartar a cerveja que ia esquentando foi se repetindo, e as reclamações daquele que comprou a bebida evoluíram para uma grave discussão. Por volta das 18h, a troca de insultos e ameaças se transformou em agressão física, e então Adriano correu em direção de sua residência, pegou uma faca, e voltou para a casa de Flávio, desferindo vários golpes de faca na região lateral do tórax.

Após ferir o cunhado, Adriano fugiu do local e segue com paradeiro desconhecido.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) foi acionada, e os socorristas levaram Flávio ao Hospital de Tailândia, mas o homem não resistiu  aos ferimentos e morreu na unidade. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Tailândia, onde se investiga o crime.

Fonte: O Liberal

Oferecimento:
IEPAM- Moju
Cruzeiro Do Sul – Polo Moju
Farmácia Do Trabalhador De Moju
Açaí Dicasa Delivery
Graf Art
Moda Rio
Açaí e Cia Gold
Nenem Moto Peças
Supermercado Leal
Mundo da construção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui