Exclusivo: No Acará, dois vereadores do PT podem perder o mandato por fraude em cota eleitoral

O motivo da cassação pela Justiça Eleitoral é que a chapa incluiu candidaturas laranjas, apenas para cumprir a cota de mulheres. Veja quem assume caso eles percam os mandatos.

No Acará o ‘zum zum’ pela cidade não é outro, se não o da cassação de dois vereadores do PT, Sadoc Lopes e Bilac, eleitos na última eleição de 2020.

Acontece que a Justiça Eleitoral local já cassou os dois vereadores eleitos do PT por fraude eleitoral. O que falta é o TRE PA publicar e cumprir a decisão enviando ofício para a Câmara Municipal de Acará, mas os eleitos ainda podem recorrer da decisão da primeira instância.

A chapa é acusada de usar duas candidaturas laranjas, onde as candidatas nao tiveram nenhum voto.

Quem assume as duas cadeiras caso os vereadores percam o mandato?

De acordo com a nova regra, as sobras são calculadas pelas maiores médias e se, não baixar o coeficiente, entrariam na vaga o Professor Edvard do Pros e o Fábio da Alça Viária do PSD.

A reportagem não conseguiu contato com o vereadores citados, mas caso eles queiram se manifestar, podem enviar nota pra o WhatsApp 091 99116-8016 ou para o portalmojunews@gmail.com. O espaço fica aberto.

Veja aqui a decisão do Juiz de Acará:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui