Entregador tem pescoço cortado por linha de pipa com cerol

Vendedor de tapiocas teve o pescoço cortado por linha com cerol durante entregas. | Reprodução

Um homem teve o pescoço cortado por linha de pipa com cerol. A vítima vende e fazia entregas de tapiocas no momento do acidente. As informações são do portal Fala Piauí e o caso foi registrado em Araturi, em Fortaleza (CE).

• Frentista tem o pescoço cortado por linha de cerol de pipa

Casos de pessoas quase degoladas por cerol de pipa vem aumentando por todo o canto do país. As vítimas, na maioria das vezes, são motoqueiros e mototaxistas.

• Pipas causam interrupção no fornecimento de energia no Pará

Recentemente, uma frentista morreu após ter o pescoço cortado por uma linha de pipa com cerol. Ela foi identificada como Maria Cristina Souza da Silva, de 36 anos.

A frentista chegou a ser socorrida, mas morreu em decorrência de complicações posteriores a cirurgia de urgência realizada em um hospital.

A vítima conduzia sua moto, nas proximidades da Reserva Duque, no bairro Cidade de Deus, em Manaus, quando foi atingida pela linha de cerol de uns jovens que brincavam na área.

Fonte: Dol


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui