Drauzio pede desculpas após crime de Suzy Oliveira ser revelado



Médico afirmou que não sabia qual era o delito que levou detenta à prisão, e mandou mensagem para família da vítima.

Drauzio Varella voltou a falar sobre a repercussão da matéria que foi ao ar no Fantástico do dia 1º de março. Em uma reportagem sobre a vida de transexuais e travestis dentro das cadeias, o médico entrevistou Suzy Oliveira.

Um momento entre o médico e a detenta chamou atenção nas redes sociais: após ela revelar que não recebia visitas há oito anos, Drauzio deu um abraço na moça. Após a repercussão da reportagem a informação sobre o crime que Suzy cometeu veio à tona: ela foi condenada a 36 anos de prisão por ter estuprado e matado por asfixia um menino de 9 anos de idade em 2010.

Em vídeo publicado nesta terça (10), o médico voltou a falar sobre o assunto, e disse que desconhecia qual era o crime que Suzy cometeu. “Não há o que falar. É um crime que choca todos nós”, afirmou. Ele pediu desculpas para a família da vítima. “Posso imaginar a dor e peço desculpas para a família do menino que foi involuntariamente envolvida no caso”.

“O foco era mostrar as condições em que vivem as transexuais presas. As estatísticas oficiais indicam que a imensa maioria delas está presa por roubo e furto. A maneira pela qual a Suzi foi apresentada deu a entender que ela fazia parte desse grupo majoritário. Por isso entendo a frustração de quem se decepcionou comigo”, disse também.

Fonte: VEJA de São Paulo

Parceiros Do Portal
IEPAM- Moju
Cruzeiro Do Sul Virtual
Faculdade Fam- Abaetetuba
Farmácia Do Trabalhador De Moju
Uniasselvi – Moju
Açaí e Cia Gold
Nenem Moto Peças
GBS NET
Graf Art
Ideal Magazine
Mundo da construção
Agapis Auto Elétrica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui