Cantora Manu Batidão conta momentos de terror em naufrágio ao lado dos filhos

O naufrágio aconteceu quando ela voltava em uma voadeira após apresentação no último domingo no estado do Tocantins.

A cantora paraense Manu Batidão usou sua rede social para esclarecer sobre o cancelamento do show que faria ontem, 25, no município de Igarapé-Miri, no nordeste do Pará. Ela contou que estava abalada psicologicamente após a voadeira (Rabeta), onde estava com sua família, afundar enquanto voltava de uma apresentação ocorrida no último domingo, 24, na Praia do Porto, município de Porto Nacional, no estado do Tocantins.

No vídeo, a artista se emociona ao lembrar das cenas onde os filhos corriam risco de afogamento. Manu relata que para chegar no local do show era preciso atravessar um rio. A apresentação foi realizada com sucesso, porém, na volta, o acidente ocorreu no meio da noite, levando risco aos familiares, equipe de trabalho e outras pessoas que faziam o trajeto, além de perder equipamentos.

No relato, ela falou que não sabe nadar, o que só não era mais desesperador do que ver seus filhos com medo e correndo risco de morte. Eles foram salvos com a ajuda de outras embarcações que estavam próximas. Segundo Manu, a suspeita é de que a embarcação estivesse furada e por isso começou afundar.

Indignada, diz que o dono da rabeta foi irresponsável por colocar várias vidas em risco. Também há a possibilidade de superlotação no momento do naufrágio. Através de nota, a equipe da cantora justifica o cancelamento do show em Igarapé-Miri e pede desculpas, bem como a compreensão dos fãs por conta do ocorrido.

Veja a nota:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui