ASSISTA: Nos pênaltis, Brasiliense vence o Remo e fica com o título da Copa Verde

-

É o segundo vice-campeonato do Leão no torneio regional.

O Remo ficou com o vice-campeonato da Copa Verde após perder nos pênaltis para o Brasiliense por 5 a 4, na tarde desta quarta-feira, no Mangueirão. Foi a segunda vez que o Leão chegou à final da Copa Verde e o segundo vice-campeonato.

No tempo normal, o Leão venceu por 2 a 1 o Jacaré, devolvendo o placar do primeiro jogo, realizado em Brasília. Mas acabou perdendo nos pênaltis, quando Wellington Silva isolou a bola, ficando o placar de 5 a 4 para o Brasiliense.

Essa também foi a última partida no Mangueirão, que será reformado a partir de março. A previsão da obra é de 18 meses e vai custar mais de R$ 146 milhões.  

JOGO

Com o gramado pesado por causa da chuva, os jogadores tinham dificuldade para sair jogando. Melhor para o Brasiliense, que estava em vantagem e começou melhor que o Remo.

Até que o Leão despertou e começou a pressionar o Jacaré. A primeira chance foi quando Hélio recebeu na área e bateu cruzado. A bola não entrou porque Edmar Sucuri fez boa defesa e foi para linha de fundo. Na cobrança de escanteio, Marlon subiu de cabeça, a defesa mandou novamente para linha de fundo e, em novo escanteio, Sucuri defendeu o chute de Lucas Siqueira.

Leão na frente

Após as investidas, veio o gol azulino. Aos 25 minutos, Gedoz cobrou falta e Fredson apareceu livre para balançar as redes e colocar o Remo na frente no Mangueirão. O resultado levava a decisão para os pênaltis.

Festival de gols perdidos

Por isso, o Remo continuou na pressão. Quase marcou o segundo quando Hélio Borges saiu, entrou na área e mandou em direção ao Gedoz, que estava de frente para o gol. Mas o jogador não conseguiu chegar a tempo. Depois, Wellington Silva pegou a sobra e chutou com força. Mas bola foi para fora.

E a conta de gols perdidos no primeiro tempo fechou com Augusto, que recebeu sozinho na pequena área e não concluiu no gol.

Empata o Jacaré

O Brasiliense empatou aos quatro minutos do segundo tempo. A jogada começou com Diogo , que saiu em velocidade pela direita e cruzou. Livre na área, Zé Love testou com força para o gol e deixou tudo igual no Mangueirão.

Remo na frente novamente

Após expulsão do lateral do Brasiliense, Balotelli, o Remo conseguiu ficar na frente do placar novamente. A jogada começou em cobrança de falta de Gedoz. Ele mandou na área, Lucas Siqueira raspou de cabeça e Rafael concluiu com um chute com força para o gol. O goleiro do Jacaré ainda tocou na bola, mas sem sucesso na defesa. O lance ainda foi verificado pelo VAR e confirmado pela arbitragem.

Com o resultado, a decisão do título da Copa Verde 2020 foi para cobranças de pênaltis.

Sequência de pênaltis

O Brasiliense foi o primeiro a fazer a cobrança. Peu chutou e converteu.

Felipe Gedoz chutou e marcou para o Remo

Aldo chutou e marcou para o Brasiliense

Lucas Siqueira cobrou no meio do gol e Sucuri defendeu

Sandy bateu no meio do gol e Vinícius defendeu

Lailson chutou e marcou para o Remo

Jefferson Maranhão chutou e marcou para o Brasiliense

Wallace cobrou e converteu para o Remo

Romarinho cobrou e marcou para o Brasiliense

Rafael Jansen cobrou e marcou para o Remo

Nos alternados…

Diogo cobrou e marcou para o Brasiliense.

Wellington Silva cobrou e perdeu.

Brasiliense é campeão da Copa Verde.

FICHA TÉCNICA

Remo 2 x 1 Brasiliense

Agregado – 3 a 3

Nos pênaltis – 4 x 5

Final da Copa Verde – Jogo de volta

Remo – Vinícius, Wellington Silva, Fredson, Rafael Jansen e Marlon (Lailson); Pingo (Dioguinho), Lucas Siqueira e Felipe Gedoz; Hélio, Wallace e Augusto (Tiago Miranda)

Treinador: Paulo Bonamigo

Brasiliense – Edmar Sucuri; Diogo, Badhuga, Keynan, Balotelli; Aldo, Luquinhas (Peu), Sandy, Wagner Balotelli e Zotti (Gustavo); Zé Love (Jefferson Maranhão) e Maicon Assis (Romarinho)

Treinador: Vilson Tadei

Cartão Amarelo: Badhuga, Wagner Balotelli, Zé Love

Cartão Vermelho: Wagner Balotelli

Gols (Tempo Normal): Fredson (25’/1ºT), Rafael Jansen (15’/2ºT); Zé Love (4’/2ºT)

Local: Mangueirão – Belém, PA

Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)

Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

Quarto árbitro: Andrey da Silva e Silva (PA)

VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)                

Assistentes VAR: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI) e Edson Antonio de Sousa (GO)

Fonte: DOL

Parceiros
spot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
Parceiros

Must Read

Moju: ala pediátrica do Hospital Divino ganha brinquedoteca

0
O secretário de Saúde Michel Garcia, agradeceu a Prefeita Nilma Lima pela aquisição. Agora os pacientes infantis que estão internados ou que precisarão da ala...