Adolescente envia carta contando a vizinhos que é agredido pelo pai por ser gay

Os moradores do bairro gravaram um áudio em que é possível ouvir o homem gritando com o filho

Um jovem de 14 anos enviou uma carta aos vizinhos, afirmando que era agredido pelo pai por ser gay. Na carta, o jovem revela que o familiar quebrou seu celular e pede ajuda ao vizinho. O caso ocorreu em Jataí, Goiás.

“Já sentiu a sensação de que você não presta para ninguém? Estou sentindo isso. Está doendo muito aqui dentro. Me ajuda, por favor. Não aguento mais. Estou no maior desespero da minha vida”, escreveu.

Os moradores do bairro gravaram um áudio em que é possível ouvir o homem gritando com o filho. “Eu estou cansado de te falar. Eu já não falei para você mudar? Você tem que mudar, você sabe por quê? Porque se você não mudar, eu te mato, eu te arrebento”, diz o homem na gravação.

A polícia confirmou, na última quarta-feira, 5, que o menino tinha escoriações pelo corpo. Aos agentes o pai negou que o motivo da agressão tenha sido a orientação sexual do menino.

“Ele disse que não se importa, que aceita e já tinha conversado com o adolescente, mas o pegou acessando vídeos pornográficos pelo celular e não controlou a raiva”, disse ao G1 a delegada responsável pelo caso, Paula Daniela Ruza.

Com informações do site Istoé

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui