Acidente grave entre ônibus e carro particular deixa uma pessoa ferida, na avenida Almirante Barroso

Motorista do ônibus teria colidido com o carro no sinal e depois invadido uma concessionária de veículos. Ele ficou ferido e foi socorrido para o Hospital Metropolitano, em Ananindeua

Na madrugada deste domingo (1), um grave acidente entre um ônibus e um carro particular foi registrado na avenida Almirante Barroso, entre as travessas Lomas Valentinas e Angustura, no bairro do Marco, em Belém. O motorista do coletivo ficou ferido e foi socorrido para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, mas não corre risco de vida. Por sorte, não havia nenhum passageiro no ônibus, que ficou com a lateral completamente destruída após a colisão.

O acidente aconteceu por volta das 4h30. O motorista de aplicativo que dirigia o veículo particular, um Renault Kwid branco, contou que estava parado no sinal da Almirante Barroso com a Lomas, em frente ao Bosque Rodrigues Alves, quando o ônibus teria avançado a preferencial pela pista do BRT, em alta velocidade, e colidido com a lateral do carro, na parte frontal, que ficou bastante destruída.

Ônibus invadiu concessionária de veículos e depois se chocou contra o muro da Agência Nacional de Mineração (ANM) (Igor Mota/ O Liberal)

Em seguida, o coletivo perdeu o controle, invadiu o prédio de uma concessionária de veículos e ainda destruiu o muro da Agência Nacional de Mineração (ANM). O pneu do carro particular foi arremessado para fora do veículo. O ônibus ficou danificado, principalmente na parte esquerda, onde ficariam os passageiros. “Teria sido muito pior se tivesse gente dentro. Com certeza alguém poderia ter perdido a vida”, disse o motorista de aplicativo, que preferiu não ser identificado.

“Agora nós vamos acionar o seguro e negociar com a empresa de ônibus, porque o prejuízo foi enorme. O carro deu perda total, pois bateu justamente na parte do motor. Isso vai me prejudicar muito, porque eu trabalho com corrida de aplicativos e agora vou ter que ficar um tempo sem rodar. É uma dor de cabeça grande”, completou o motorista, ainda nervoso após o acidente.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e uma equipe foi até o local, onde socorreu o motorista do ônibus e o encaminhou para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, consciente e sem graves ferimentos. Já o motorista do carro particular sofreu apenas leves escoriações e não precisou ser socorrido. Até às 9h30 da manhã, o ônibus ainda não havia sido retirado do local do acidente.

Fonte: O Liberal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui