689 mil paraenses receberão parcela do 13º a partir de hoje

Segundo o Dieese, pagamento do benefício e do auxílio emergencial devem ajudar a economia local | Agência Brasil

A partir de segunda-feira (25) começa a ser paga a segunda parcela do décimo terceiro salário de aposentados e pensionistas da previdência social em todo o País. No Pará, a previsão é de que com isso, cerca de R$ 442 milhões sejam injetados na economia do estado. Grande parte desse valor, segundo projeção do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PA) deverá ser destinada ao pagamento de dívidas e para o consumo direto. São 689 mil beneficiários em todo o Estado.

No Brasil inteiro, serão beneficiados um total de 30.811.482 beneficiários, com um montante de R$ 23,8 bilhões. Somente para a região Norte esse valor alcançará R$ 916,4 milhões. “Dentre os estados dessa região, o Pará é aquele que ficará com quase metade desse valor porque aqui está a maior parte desses beneficiários”, explica o economista e supervisor técnico do Dieese/PA, Roberto Sena. Na avaliação feita pelo órgão, esse montante chega em boa hora. “Não é que ele vá resolver a situação da economia, mas na atual conjuntura em que estamos passando por conta dessa pandemia, com certeza será um respiro”, ressalta o técnico.

PAGAMENTOS

Ele destaca que grande parte dessa segunda parcela, onde serão incididos os descontos com imposto e renda e previdenciários, será destinada ao pagamento de dívidas e ao consumo direto. “Nesse contexto, a maioria das pessoas está sem dinheiro, então quando esse valor entrar ele deverá ser destinado a pagar aluguel, parcela de empréstimos, entre outros, além de ser destinado para aquelas despesas do dia a dia como supermercado e farmácia, visto que grande parte desses aposentados e pensionistas são arrimos de família”, diz.

Para ele, o montante que será injetado na economia com essa segunda parcela do décimo terceiro e com a segunda parcela referente ao Auxílio Emergencial, que também começará a ser paga também no final deste mês, vão ajudar a dar um respiro para a economia. “Vai permitir que possamos começar aos poucos a pensar em um retorno da economia a patamares mais palatáveis e isso é essencial para que ela possa começar a entrar nos trilhos”, avalia.

Sena lembra que a segunda parcela do décimo terceiro de aposentados e pensionistas normalmente é paga no mês de novembro de cada ano. Mas por conta da pandemia do novo coronavírus e o aumento do desemprego, os valores foram adiantados. “A primeira parcela foi paga em abril, que normalmente costuma ser entre agosto e setembro. E agora a segunda parcela também foi adiantada”, diz o economista.

CONSULTA VALOR

A consulta para saber quanto irá receber pode ser feita no Meu INSS, seja pelo aplicativo ou no site. Neste caso, o segurado deve informar o CPF e a senha. A busca é feita em “Extrato de pagamento”, à esquerda da tela.

Fonte: DOL


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui